Teatro Sá da Bandeira

Construção do início do século XX, este edifício tornou-se, à época, numa das principais referências culturais da cidade. A marca do romantismo tardio manifesta-se na decoração neo-barroca, adaptada às inovações estilísticas das primeiras salas de cinema do país, anteriores à art deco. O hibridismo da fachada, característico da arquitetura romântica, apresenta uma profusão de elementos decorativos de varias origens formais, utilizados desde os finais do século XIX e as primeiras décadas do século XX.

Rua João Afonso nº 7, 2000-074 Santarém
243 309 460 | teatrosabandeira@cm-santarem.pt
3ª a sexta das 11h00 às 14h00 | Encerra domingo, segunda e feriados

Nota: Nos espetáculos a realizar em horário de encerramento, a bilheteira abre 1 hora antes.

INFORMAÇÕES, BILHETEIRA, BILHETEIRA ONLINE E RESERVAS
Informação e reservas através do teatrosabandeira@cm-santarem.pt e pelo telefone 243 309 460.
O horário da bilheteira é o horário do espaço do evento, que pode consultar na página de contactos desta agenda. Em dias de espectáculos ou eventos, abre 2 horas antes do espectáculo ou evento, encerrando meia hora após o início. Nos 30 minutos que antecedem os espectáculos apenas se vendem bilhetes para os mesmos.
Poderá adquirir também adquirir os seus bilhetes sem ter de se deslocar à bilheteira na Bol – Bilheteira Online (www.bol.pt) e nas Lojas Worten, Fnac e CTT.

CONDIÇÕES DE ACESSO
A acessibilidade está assegurada, bem como a assistência a pessoas com mobilidade reduzida, no Teatro Sá da Bandeira. Nos restantes equipamentos, devem ser consultados previamente, consoante a tipologia de evento.


Caso pretenda, poderá efetuar o download do Rider Técnico do Teatro Sá da Bandeira, em documento no formato .pdf.

  DOWNLOAD



 Ver mapa  Obter Direções
PRÓXIMOS EVENTOS
Sáb, 19 Jun
21:30

Teatro Sá da Bandeira


Música SAL no Popular Dentro de Portas INATEL DENTRO DE PORTAS
LER MAIS
SAL no Popular Dentro de Portas

Os SAL nasceram da vontade comum de continuar a fazer música quando Diabo na Cruz chegou ao fim. Aos companheiros e amigos de longa data Sérgio Pires (voz e braguesa), Daniel Mestre (guitarras), João Gil (baixo) e João Pinheiro (bateria), junta-se agora Vicente Santos (teclados). "Passo Forte" é o primeiro single da banda. O tema fará parte do primeiro disco da banda.

Conheça o projeto aqui:

https://www.youtube.com/watch?v=JIAwMr9dd9Y

https://www.produtoresassociados.com/artista/sal/
Dom, 20 Jun
18:00

Teatro Sá da Bandeira


Música O Gajo no Popular Dentro de Portas INATEL Dentro de Portas
LER MAIS
O Gajo no Popular Dentro de Portas

O GAJO nasce em Lisboa, em 2016, pelas mãos de João Morais com o objetivo de ligar a música à terra que o viu nascer, Portugal. É assim que surge a relação com a Viola Campaniça, um instrumento de raiz tradicional que faz parte da história centenária e cultural portuguesa.

As composições d’O GAJO podem soar a fado, mas não são fado, podem soar a música tradicional, mas não são música tradicional. O GAJO toca música do mundo e para o mundo. Neste concerto João Morais vai apresentar o mais recente trabalho Subterrâneos, um disco que conta com Carlos Barretto no contrabaixo e José Salgueiro na percussão.

Conheça aqui o projeto:

https://www.youtube.com/watch?v=5xlMSAvvoxg

https://www.produtoresassociados.com/artista/o-gajo/
Qua, 23 Jun
21:30

Teatro Sá da Bandeira


Cinema/Audiovisual MISS MARX De Susanna Nicchiarelli
LER MAIS
MISS MARX

Brilhante, inteligente, apaixonada e livre, Eleanor é a filha mais nova de Karl Marx. Uma das primeiras mulheres a abordar os temas do feminismo e socialismo, participa na luta dos trabalhadores, dos direitos das mulheres e pela abolição do trabalho infantil. Em 1883, conhece Edward Aveling e sua vida é destruída por uma apaixonada, mas trágica história de amor.

Título original: Miss Marx | De: Susanna Nicchiarelli | Com: Romola Garai, Patrick Kennedy, John Gordon Sinclair, Felicity Montagu, Philip Gröning

Biografia | M/12 | BEL/ITA, 2020, Cores | 107 min.| 5€/2,5€ sócios Cineclube

Qua, 23 de junho às 21h30

Local: Teatro Sá da Bandeira

Normas COVID-19

Uso obrigatório de máscara | Desinfeção das mãos à entrada | Respeitar o distanciamento social | Respeitar os circuitos de circulação | Atribuição de lugar por ordem de chegada | Obrigatoriedade de preenchimento do consentimento informado no local | Não é permitida a entrada de público após o início do espetáculo | No final do espetáculo permaneça sentado no seu lugar
Qua, 30 Jun
21:30

Teatro Sá da Bandeira


Cinema/Audiovisual CAROS CAMARADAS De Andrey Konchalovskiy
LER MAIS
CAROS CAMARADAS

União Soviética, 1962. Membro do Partido Comunista, Lyudmila acredita cegamente que trabalha em prol de uma sociedade justa e igualitária. Mas tudo muda quando, durante uma greve na fábrica de construção de locomotivas em Novocherkassk, testemunha um grupo de trabalhadores a ser assassinado a tiro de metralhadora sob as ordens do governo. O objectivo era encobrir as revoltas populares que surgiam com frequência devido às duras condições de trabalho e ao aumento das quotas de produção mínimas para cada funcionário, que lhes reduzia as remunerações. A partir daquele momento, toda a visão do mundo de Lyudmila se altera irremediavelmente.

Um drama baseado em factos reais que conta com realização, produção e argumento do veterano Andrei Konchalovsky ("O Rolo Compressor e o Violino", "Paraíso"). Em competição na 77.ª edição do Festival de Cinema de Veneza, recebeu o Prémio do Júri.

Título original: Dorogie Tovarishchi | De: Andrey Konchalovskiy | Com: Yuliya Vysotskaya, Vladislav Komarov, Andrey Gusev

Drama, Histórico | M/12 | RUS, 2020, Cores | 116 min.| 5€/2,5€ sócios Cineclube

Qua, 30 de junho às 21h30

Local: Teatro Sá da Bandeira

Normas COVID-19

Uso obrigatório de máscara | Desinfeção das mãos à entrada | Respeitar o distanciamento social | Respeitar os circuitos de circulação | Atribuição de lugar por ordem de chegada | Obrigatoriedade de preenchimento do consentimento informado no local | Não é permitida a entrada de público após o início do espetáculo | No final do espetáculo permaneça sentado no seu lugar