Sáb, 12 Out
21:30

Teatro Sá da Bandeira

Classificação Etária: M/12
Preço: 12.00 €

Bilheteira Online - Comprar Bilhetes




Teatro Sá da Bandeira
Teatro

Um outro fim para a Menina Júlia

Teatro Nacional D. Maria II
“Júlia sai com um passo firme”. Esta é a didascália que August Strindberg escreve no final de Menina Júlia. Desde a estreia da peça, há 130 anos, em março de 1889, que atores de todo o mundo obedecem à ordem do autor e nos sugerem o suicídio de Júlia como o único desfecho possível desta história.

Imaginar outro fim possível para estas personagens obriga-nos a mostrar em cena o que acontece depois da didascália de Strindberg. Obriga-nos a imaginar o futuro que não quis prometer às suas personagens.

Em Um outro fim para a Menina Júlia, vemos Júlia, João e Cristina, que o mundo já viu tantas vezes, para depois os reencontrarmos 30 anos mais tarde, treinados pela vida a encontrar a felicidade nas pequenas coisas. Neste “antes e depois”, tentamos inventar uma alternativa e imaginar que o passo firme de Júlia pode ser o início da lenta e laboriosa caminhada da vida.

Biografia de Tiago Rodrigues

Desde que começou a trabalhar como ator, há 20 anos, Tiago Rodrigues tem sempre abordado o teatro como uma assembleia humana: um local onde as pessoas se encontram, como num café, para discutir as suas ideias e partilhar o seu tempo. Cruzou-se pela primeira vez, quando ainda era estudante, em 1997, com a companhia tg STAN, confirmando o seu vínculo a ao trabalho colaborativo sem hierarquia. A liberdade que encontrou quando começou a trabalhar com este coletivo belga viria influenciar para sempre os seus trabalhos futuros.

Em 2003, cofundou a companhia Mundo Perfeito com Magda Bizarro, na qual criou e apresentou cerca de 30 espetáculos em mais de 20 países, tornando-se uma presença regular em eventos como o Festival d’Automne à Paris, METEOR Festival na Noruega, Theaterformen na Alemanha, Festival TransAmériques no Canadá, kunstenfestivalsdesarts na Bélgica, entre outros. Colaborou com um grande número de artistas portugueses e internacionais, como também coreógrafos e bailarinos. Foi, também, professor de teatro em várias escolas, nomeadamente a escola de dança belga PARTS, dirigida pela coreógrafa Anne Teresa De Keersmaeker, a escola suíça de artes performativas Manufacture e o projeto internacional École des Maîtres. Paralelamente ao seu trabalho em teatro, escreveu argumentos para filmes e séries televisivas, artigos, poesia e ensaios. Com as suas peças mais recentes, obteve um reconhecimento internacional alargado e diversos prémios a nível nacional e internacional. Algumas das suas obras mais notáveis são By Heart, António e Cleópatra, Bovary, Como ela morre e Sopro, estreada no Festival d'Avignon 2017. Quer combinado histórias reais com ficção, quer reescrevendo clássicos ou adaptando romances, o teatro de Tiago Rodrigues é profundamente enraizado na ideia de escrever para e com os atores, procurando a transformação poética da realidade usando as ferramentas teatrais. Essa aspiração é óbvia em projetos como a Occupation Bastille, a ocupação artística do Théâtre de la Bastille em Paris, por cerca de uma centena de artistas e espectadores que decorreu em 2016. Em 2018 foi galardoado com o XV Prémio Europa Realidades Teatrais. Diretor artístico do Teatro Nacional D. Maria II desde 2015, Tiago Rodrigues tem sido um construtor de pontes entre cidades e países e, ao mesmo tempo, um anfitrião e um defensor de um teatro vivo.

Ficha Técnica

Encenação, espaço cénico e figurinos Tiago Rodrigues

A partir de August Strindberg (tradução de Augusto Sobral)*

Com Helena Caldeira, Inês Dias, Lúcia Maria, Manuel Coelho, Paula Mora, Vicente Wallenstein

Desenho de Luz João de Almeida | Assistência de Encenação Teresa Coutinho | Estagiários em Assistência de Encenação Ghita Serraj, Marion Stenton, Rocco Ancarola

Produção TNDM II

* Neste espetáculo utilizam-se fragmentos da tradução de Menina Júlia, de Augusto Sobral, a partir do original de August Strindberg, que foi utilizada na última representação de Menina Júlia levada à cena no Teatro Nacional D. Maria II, em 2009, com encenação de Rui Mendes.

Teatro | Classificação Etária M/12 | Duração 01h45 | Preço 12€ (verificar descontos) | A bilheteira reverte a favor d'A Farpa - Associação Familiares e Amigos do Doente Psicótico

Bilhetes à venda no TSB, na BOL, na Worten, na FNAC e nos CTT

Sáb, 12 out às 21h30

Local: Teatro Sá da Bandeira
Um outro fim para a Menina Júlia